Argila vale mais que ouro. Sim, podia acontecer.

Seja sal, ouro ou libra, tudo é uma questão de confiança. Na antiga Babilônia um pedaço de argila poderia valer mais do que uma peça de ouro com mesmo peso e mesma medida. Essa argila era usada para registrar que o portador daquele objeto tinha direito a certa parte de uma produção agrícola. Sim, essas moedas não possuem nenhum valor intrínseco, mas é aquilo que acreditamos. Isso é valido até hoje. Por exemplo, uma versão mais moderna, não utilizando nota, mas um cartão de plástico que indica o quanto você possui apenas com números que representam seu saldo ou limite no aplicativo do seu celular.

Isso de fato, é verdade se olharmos uma nota de 10 libras, “I promise to pay the bearer on demand the sum of ten pounds” (“Prometo pagar ao portador a soma de dez libras”). Essa frase está grafada na parte superior da cédula inglesa. E assim surgiu o que conhecemos como dinheiro, promessas de pagamento. Em outras palavras, nada mais são que títulos de crédito. Crédito que vem do latim creditu que significa “Eu acredito”!

curiosidades-financeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *