Entenda as diferenças entre corretora e assessoria de investimentos

É bem natural confundir o trabalho da corretora e da assessoria de investimentos, principalmente se você é iniciante no mercado financeiro e ainda não tem muito conhecimento sobre os termos utilizados.

Contudo, entender o glossário usado nesse universo é essencial para melhorar seu entendimento sobre o mercado e tomar as decisões mais adequadas — e que levam ao alcance dos seus objetivos.

Neste artigo, vamos esclarecer melhor essa questão, explicando o que cada uma faz e mostrando os principais critérios que devem ser utilizados ao contratar os serviços dessas instituições. Continue a leitura e confira agora mesmo!

O papel de uma assessoria de investimentos

O papel da assessoria de investimentos envolve o atendimento aos investidores e orientações (e esclarecer dúvidas) a respeito do mercado financeiro e os produtos que são oferecidos pelas corretoras.

Além disso, ela atua como um intermediador entre as pessoas que querem investir e os profissionais de uma corretora de valores. Os assessores também são responsáveis por receber as ordens e repassá-las para o sistema utilizado pela corretora. Esse trabalho é autorizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O papel de uma corretora de investimentos

A corretora, por sua vez, é uma instituição autorizada pelo Banco Central e que atua como intermediária entre as operações de compra e venda dos produtos financeiros.

Nesse caso, você abre uma conta (assim como faz em um banco). Porém, em vez de contratar empréstimos e cartões de crédito, por exemplo, você usa o seu dinheiro para aportar em investimentos e fazê-lo render.

Na prática, se um investidor deseja comprar ou vender ações na Bolsa de Valores, por exemplo, é por meio da corretora que isso acontecerá — mas isso também vale para títulos públicos (Tesouro Direto), de crédito privado (debêntures, LCIs, LCAs e CDBs), cotas de fundos de investimentos, entre outros.

É a CVM que fica responsável por estabelecer as normas de atuação e fiscalizar o trabalho dessas instituições.

Diferenças entre corretora e assessoria de investimentos

Basicamente, a principal diferença entre a corretora e a assessoria de investimentos é que, na primeira, os investidores realizam as operações e, na segunda, eles obtêm informações e orientações a respeito de quais são os produtos mais adequados para seus objetivos e seu perfil.

Em suma, o assessor ajuda a tomar as decisões mais acertadas a respeito dos aportes, que serão feitos dentro da plataforma da corretora.

Como escolher a assessoria ou corretora

Escolher uma assessoria ou corretora de investimentos é uma tarefa que precisa ser feita com bastante cuidado. Afinal, é o seu dinheiro que está em jogo. A seguir, listamos algumas dicas sobre os critérios que devem ser considerados antes de se decidir.

Pesquise o histórico da instituição

Antes de tudo, é necessário buscar informações sobre a instituição. Busque saber quem está por trás do trabalho, se a empresa é sólida, qual é a participação no mercado, os índices de crescimento e os produtos oferecidos.

Com isso, já é possível ter uma ideia de qual é a reputação e o grau de confiabilidade — o que é essencial para os negócios, principalmente por se tratar do seu capital.

Verifique se ela está devidamente regulamentada

Não se esqueça de verificar se a instituição está devidamente regulamentada pelo Banco Central ou pela CVM. Esse é um passo fundamental para fugir de fraudes e outros problemas futuros com empresas ou profissionais autônomos que não estão autorizados (pelos órgãos responsáveis) a atuar no mercado financeiro.

Verifique o portfólio de produtos oferecidos

A assessoria está ali para indicar os melhores produtos — levando em consideração o seu perfil de investidor e os objetivos. É ela que vai ajudar a montar uma carteira adequada e diversificada.

Porém, para que isso seja possível, você também vai precisar optar por uma corretora que ofereça um portfólio bem diversificado, com opções que permitem montar uma boa carteira (minimizando os riscos).

Avalie o atendimento

Entre em contato com as opções que você tem em mente e esclareça todas as dúvidas que tem a respeito do assunto. Nessa fase inicial, é necessário avaliar a qualidade do atendimento que é prestado, se as respostas vêm com agilidade e se existe uma equipe disponível para auxiliar você sempre que necessário.

Pense que se nesse primeiro momento o trabalho já se mostra ineficiente, imagine depois que você já tiver se tornado cliente — fica difícil confiar que será um serviço sério e comprometido, não acha?

Busque a opinião de outros clientes

Com uma pesquisa rápida na internet, você consegue ver as avaliações que os outros clientes fizeram sobre o serviço prestado. Da mesma forma, é possível identificar os principais motivos de reclamação e se eles são muito recorrentes.

Essa análise também é uma excelente forma de avaliar a qualidade do atendimento oferecido (porém, do ponto de vista de quem já está lá dentro) e se vale a pena confiar o seu dinheiro a essa instituição.

Diferenciais da Valor Investimentos

A Valor Investimentos é uma boutique financeira que está há mais de 16 anos no mercado e conta com uma base de mais de 23 mil clientes. Atualmente, conta com 5 unidades em pontos diferentes do Brasil, o que permite um atendimento presencial em diversos locais.

Para oferecer um serviço de qualidade e satisfazer seus clientes, ela conta com profissionais especializados e que contam com um vasto conhecimento sobre o mercado financeiro — com entendimento dos mais variados produtos negociados.

Ela também disponibiliza atendimento exclusivo e um acompanhamento extenso com os investidores, tornando o relacionamento ainda mais próximo. Com tanta experiência no mercado, busca oferecer os melhores produtos de acordo com as necessidades e objetivos dos clientes.

Ficou clara qual é a diferença entre a corretora e a assessoria de investimentos? Agora, ficou mais fácil saber a qual instituição recorrer para obter orientações sobre os melhores investimentos para a sua carteira e qual deve procurar para fazer as operações de compra e venda dos ativos.

Quer entender um pouco mais sobre esse trabalho e como ele pode ajudar você a potencializar os resultados dos seus investimentos? Então, entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *