Butique de investimentos: o que é e como funciona?

Como alternativa aos bancos tradicionais e às ofertas limitadas que eles oferecem, surge a chamada butique de investimentos.

Ela permite que os clientes façam escolhas mais acertadas (com base nos objetivos e na realidade financeira), com uma gama de produtos consideravelmente maior.

Neste artigo, vamos explicar melhor o conceito, como funciona e quais cuidados devem ser tomados ao escolher a instituição que será contratada. Você se interessou pelo assunto? Então, continue a leitura para saber mais!

Afinal, o que é uma butique de investimentos?

Uma butique de investimentos é uma empresa que consegue realizar um trabalho mais personalizado no que diz respeito aos investimentos — diferentemente do que acontece com os grandes bancos, que, em princípio, oferecem uma diversidade limitada de produtos.

Assim, quando um cliente deseja realizar aportes, fica limitado às opções que a instituição bancária oferece. Além disso, nem sempre as ofertas são as mais vantajosas ou estão de acordo com os objetivos e o perfil do cliente.

Esse conceito de butique de investimento já é bem comum em economias mais maduras. Por meio dela, é realizado um trabalho de assessoria. Na prática, utilizam-se plataformas de investimentos que podem ser acessadas pelos clientes e que oferecem uma diversidade de produtos muito maior.

Vale ressaltar que, nesses casos, trata-se de um trabalho independente, ou seja, os investidores não precisam levantar a bandeira de nenhum banco, o que torna os investimentos ainda mais eficientes.

Assim, com o trabalho de assessoria oferecendo multiprodutos, sem ligação com bancos ou instituições financeiras, o cliente não se vê forçado a investir em opções limitadas. Isso faz com que o trabalho seja alinhado com os objetivos do investidor em relação a seu perfil e suas expectativas.

Como funciona e que tipo de serviços ela presta?

Trata-se de um serviço que vai muito além de apenas vender produtos. O trabalho realizado é mais amplo, com uma assessoria que, em um primeiro momento, busca entender melhor o perfil do cliente.

Dessa forma, a butique de investimentos oferece um atendimento personalizado, sob medida, no qual se entendem diversas questões, como:

  • os objetivos do cliente (curto, médio e longo prazo);
  • o contexto da vida financeira;
  • a construção de patrimônio;
  • aspectos tributários.

Ao avaliar as mais variadas características, pretensões e expectativas, fica mais fácil identificar quais são os produtos mais adequados e qual é a melhor forma de alocar os investimentos. Além disso, também se consegue saber o perfil de risco ao longo do tempo.

O objetivo é traduzir as necessidades do cliente em aportes e serviços que permitam a conquista das metas estabelecidas.

Por outro lado, existem alguns serviços que não são ofertados, mas que geram certa confusão em algumas pessoas. São eles:

  • cartão de crédito;
  • cheque especial;
  • títulos de capitalização.

Ou seja, é preciso deixar bem claro que o foco é totalmente voltado para os investimentos e a proteção patrimonial.

Existe um perfil ideal de cliente?

Não existe um perfil ideal de cliente. Na primeira reunião realizada pela Valor Investimentos, por exemplo, é feita uma análise e, por meio dela, cria-se uma pirâmide. Na base, está todo o trabalho do cliente, enquanto no topo estão os sonhos.

No meio dela está a assessoria prestada, que foca a proteção do patrimônio que foi (e será) construído ao longo do tempo, além de ajudar a rentabilizá-lo para alcançar as metas que estão lá em cima.

O que levar em conta para contratar uma?

Existem diversos cuidados que precisam ser adotados ao contratar uma butique de investimentos. Nos tópicos a seguir, explicamos melhor os principais deles.

Atenção aos golpes no mercado

Antes de mais nada, é preciso se proteger de ações e empresas mal-intencionadas (como as pirâmides financeiras). Em princípio, elas deixam as pessoas tentadas a comprar alguns produtos que trarão prejuízos futuros.

Para evitar esse tipo de situação, é crucial fazer uma pesquisa sobre a instituição e verificar questões como:

  • se a empresa está regularmente estabelecida;
  • se conta com credenciamento junto à Comissão de Valores Imobiliários (CVM);
  • qual é o cenário em que ela se encontra;
  • se está ligada a uma instituição financeira.

Se algum problema surgir posteriormente em sua carteira de investimentos, precisará saber a quem recorrer para solucioná-lo — o que pode ser feito por meio da CVM ou outros órgãos reguladores que atuam com o objetivo de proteger os investidores.

Análise da reputação da empresa no mercado

Outro cuidado importante é avaliar o histórico e a credibilidade da empresa no mercado. Isso é de suma importância, já que não é incomum encontrar serviços de assessoria nos quais alguns profissionais oferecem retornos que não podem entregar.

Isso não é necessariamente uma fraude, mas acontece de se criar uma expectativa muito alta, que dificilmente será atingida. Sendo assim, é importante pesquisar a história dos sócios e das outras pessoas envolvidas no projeto.

Os principais aspectos que devem ser olhados envolvem:

  • a tradição no mercado;
  • a experiência com esse tipo de trabalho;
  • como é feito o serviço de assessoria;
  • a opinião que outros clientes têm em relação à empresa.

Avaliação do custo-benefício

Por fim, outro aspecto que ajuda a tomar decisões mais acertadas inclui a qualidade do resultado que pode ser alcançado. Na prática, isso envolve avaliar o sentido de sair de um banco tradicional e procurar uma assessoria de investimentos.

A escolha deve ser pautada, principalmente, pela possibilidade de trazer uma rentabilidade maior, porém com a mesma segurança que qualquer outro produto oferecido no mercado — considerando o risco envolvido nas características do investimento.

O trabalho de uma butique de investimentos é mais íntimo e personalizado, visto que a assessoria busca os melhores produtos, de acordo com a realidade dos clientes. Dessa forma, por meio dela, os investidores podem alcançar retornos ainda maiores que os oferecidos em instituições tradicionais, com o mesmo grau de segurança.

O que achou do artigo? Você se interessou por esse tipo de serviço e quer saber mais detalhes sobre como ele funciona e como realizar a contratação? Entre em contato conosco agora mesmo e esclareça todas as suas dúvidas a respeito do tema!

tipos de investimentoPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *