Como investir em empresas de qualidade na bolsa de valores?

Uma das grandes dúvidas dos investidores é como escolher as ações ideais para compor suas carteiras. Muitos pesquisam se vale a pena investir nesta ou naquela empresa, mas a verdade é que suas decisões na bolsa de valores devem ser embasadas em uma análise profunda.

Adquirir papéis por indicação de um amigo ou por pesquisas rápidas não é o melhor caminho. Afinal, a renda variável envolve riscos mais altos e você precisa estar consciente deles para tomar suas decisões.

Então, quem deseja resultados positivos consistentes na carteira precisa saber como investir na bolsa de valores escolhendo empresas de qualidade. Confira informações que lhe ajudarão nesta tarefa!

Como se dá o investimento de longo prazo na bolsa?

Nem tudo na renda variável se resume a investimentos de longo prazo. Também existem diversas oportunidades para especulação — ou seja, ganhos no curto prazo. Mas o que diferencia as duas estratégias?

A especulação geralmente envolve mais riscos, pois ela se expõe diretamente às oscilações de preço. O especulador não precisa avaliar a qualidade das empresas nas quais opera, pois ele não pretende manter a posse das ações por muito tempo.

De outro lado, os investidores têm objetivos diferentes. O intuito é montar uma carteira forte para o longo prazo, de forma que seja possível ter ganhos mais estáveis e não correr tantos riscos com as oscilações.

Afinal, se você pretende manter as ações por bastante tempo (anos ou décadas), não precisa se preocupar tanto com movimentos de queda temporários na bolsa. O prejuízo só existe se os papéis forem vendidos.

Essa é uma das vantagens de investir visando períodos de tempo maiores. Também é considerada uma forma mais prática, já que não são necessárias operações constantes na bolsa e o investidor não precisa analisar o mercado de maneira tão frequente quanto o especulador.

Para investir no longo prazo, você escolhe as ações que deseja adquirir, realiza a ordem de compra e mantém os papéis na carteira enquanto parecer benéfico — a venda pode se dar quando ele atinge a valorização desejada ou quando perde qualidade, por exemplo.

De que forma analisar as ações?

Você acabou de conhecer as duas principais formas de estar presente na bolsa de valores. Se o seu perfil é de investidor para o longo prazo, como escolher as ações que inclui na carteira? A decisão deve ser baseada em uma análise.

O ponto principal é conhecer a qualidade da empresa. Já que a ideia é manter os ativos por um período maior, o investidor deve se ver como um verdadeiro sócio: se o negócio der lucro, você tem resultados positivos. Se ele enfrentar dificuldades, elas implicarão também nos seus ganhos.

Então, como ter mais segurança ao ser acionista de uma companhia? Analisando as condições que ela tem para dar lucro no longo prazo e apresentar boa recuperação diante de eventuais dificuldades ou crises econômicas.

Na análise fundamentalista, a avaliação é feita por meio dos fundamentos ou indicadores. São conceitos utilizados para reunir informações relevantes sobre a empresa. Conheça a seguir alguns elementos que merecem atenção:

Gestão da empresa

Um dos fatores mais importantes para decidir pela compra de uma ação é a qualidade da governança ou gestão da companhia. Você entraria como sócio com um conhecido em quem não confia ou com aquela pessoa sobre a qual tem ressalvas quanto à capacidade como administrador?

Certamente não. Afinal, boa parte do sucesso de um negócio depende de decisões bem feitas por aqueles que o administram. Logo, ter informações sobre a gestão é essencial para que o investidor decida ter determinada ação no portfólio.

Demonstrativos financeiros

Outro elemento indispensável na análise fundamentalista é a saúde financeira da companhia. Muitos dos principais fundamentos dizem respeito a aspectos quantitativos — como a margem de lucro e o nível de endividamento.

As empresas listadas na bolsa de valores precisam prestar contas frequentemente com os acionistas e os interessados em suas ações. Então, analisar os demonstrativos financeiros pode ser útil para observar as condições destas companhias em oferecer lucro ao investidor.

Dividend Yield – DY

O DY é um indicador relevante para quem pensa no longo prazo e tem interesse em construir uma renda passiva fruto da distribuição de proventos das empresas. Ele parte do principal tipo de provento compartilhado: os dividendos.

O Dividend Yield é um fundamento múltiplo que relaciona o preço cobrado atualmente pela ação com a quantidade de dividendos distribuídos pela empresa por papel. Portanto, você consegue comparar empresas diferentes e verificar quais delas pagam proventos mais significativos.

Seus objetivos e preferências

Por fim, vale a pena saber que existem diversos fundamentos para serem analisados com o objetivo de perceber a qualidade de uma empresa. Contudo, eles muitas vezes não são vistos de maneira descontextualizada.

Cabe a cada investidor também estar ciente de seus objetivos e interesses na bolsa de valores. Muitas decisões dependem das suas preferências em relação aos setores e empresas nas quais investirá. Então, não deixe de considerar seu perfil.

Como escolher os investimentos?

Um ponto central na análise fundamentalista é entender que um indicador não pode ser analisado sozinho, isolado de outros igualmente importantes. Imagine escolher uma empresa por seu DY, mas esquecer de analisar os demais fundamentos?

Há um risco alto de acabar optando por companhias que não apresentam tanta qualidade. Assim, até mesmo o seu retorno com dividendos pode ficar comprometido, caso ela não obtenha um lucro consistente no longo prazo.

Além disso, também é importante saber que a análise dos investimentos na renda variável pode ser subjetiva. Como você viu, existem aspectos dos seus objetivos e interesses que influenciam as escolhas que fará ao investir na bolsa de valores.

A tarefa de encontrar as ações que fazem mais sentido para sua carteira nem sempre é simples. Mas lembre-se de que a busca por informações e uma análise eficiente da qualidade das companhias são as melhores ferramentas para diminuir riscos e aumentar suas chances de ganhos.

Neste post, você aprendeu mais sobre a bolsa de valores e viu dicas para investir na renda variável para o longo prazo. Então coloque as orientações em prática e veja a segurança de seus investimentos aumentar por conta das decisões mais conscientes que você tomará!

Você precisa de ajuda para encontrar boas oportunidades em empresas de qualidade na bolsa de valores? Então entre em contato com a Valor Investimentos, assessoria parceira da Valor Educação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *