Como identificar o momento certo para comprar e vender ações? Nós te ajudamos!

Saber identificar o momento ideal de comprar e vender ações é uma das principais preocupações de quem atua na Bolsa de Valores, principalmente nos casos de investidores pouco experientes. Para ter êxito nessa tarefa, é fundamental investir em conhecimento, tanto do mercado, quanto de si mesmo, uma vez que em determinadas situações será preciso manter o controle emocional e agir contra os próprios instintos.

O mercado financeiro é marcado pela alta volatilidade, o que na prática significa que não existem certezas e que mesmo os investimentos mais conservadores envolvem um grau de riscos, ainda que ele seja mínimo.

Para ajudar melhor no assunto, neste artigo vamos falar sobre o tema e apontar dicas importantes que vão ajudar você a tomar decisões de compra e venda de ações em momentos vitais. Se quiser aumentar seus conhecimentos, convidamos você a continuar a leitura.

Como funciona investimentos na Bolsa de Valores?

Você já viu no noticiário que as ações de determinada empresa estão valorizadas e se sentiu tentado a comprá-las, já que o momento é favorável para a empresa? Pois se a sua resposta foi positiva, saiba que o pensamento vigente no mercado financeiro é justamente o contrário!

Esse tipo de confusão ocorre, pois a maioria das pessoas não conhece bem o funcionamento dos investimentos na Bolsa de Valores, em que a regra básica de atuação é: “compre na baixa e venda na alta”.

Existem várias metodologias diferentes para quem deseja ter sucesso em seus investimentos na Bolsa, porém, de modo geral o que se nota entre pessoas leigas ou iniciantes é que elas sabem de determinado ativo valorizado pelo noticiário e compram por um preço alto apostando que a valorização vá continuar.

Acontece que o mercado não funciona de maneira linear, mas, sim, a partir de momentos de altas e baixas naturais de seu ambiente. Com isso as ações compradas começam a se desvalorizar e o investidor menos experiente pode se desesperar e vender na baixa mesmo ou no máximo quando o preço voltar ao que ele pagou inicialmente.

Esse é um erro que compromete os ganhos do investidor e que é facilmente contornado por quem já tem conhecimento maior do mercado e que por isso sabe que o correto é comprar quando o preço estiver baixo e vender quando ele está valorizado.

Como saber a hora certa de comprar e vender ações na Bolsa de Valores?

Não existe uma fórmula mágica para ter sucesso no mercado financeiro, então o caminho é estudar. Somente com entendimento de como o mercado funciona, é possível fazer uma análise correta de pontos como o histórico do ativo, suas projeções e perspectivas futuras.

O conhecimento pode ser por livros, artigos, revistas, sites, vídeos, cursos online e até mesmo por histórias de pessoas que fizeram esse caminho e hoje são referência de atuação. O importante é reservar um tempo e se dedicar.

Quais são as dicas práticas para analisar a hora certa de comprar e vender ações na Bolsa de Valores?

Como já dissemos, a lógica do mercado é comprar na baixa e vender na alta, mas como saber quais ações da baixa tendem a ser valorizadas no período próximo para que se alcance lucro com elas? Ou como identificar se a valorização já chegou em sua máxima? Para entender essas questões, confira as dicas abaixo.

Acompanhe o mercado com atenção

Estar bem informado sobre as movimentações do mercado é essencial para ter sucesso na estratégia adotada, sendo assim, o indicado é acompanhar com atenção os acontecimentos e as consequências deles para o desenrolar das atividades.

Fique atento somente para não se deixar levar pelas notícias momentaneamente desfavoráveis, que podem levá-lo a agir no chamado efeito manada, onde as ações são tomadas sem a devida reflexão e estratégia.

Fique atento aos gráficos

Utilizar gráficos é uma ótima estratégia para quem atua no mercado financeiro, uma vez que eles oferecem informações preciosas de modo visual e de fácil interpretação. Sendo assim o ideal é estar atento aos indicadores apontados e, a partir deles, identificar os melhores momentos de compra e vendas de ações.

Tenha um plano de gerenciamento de riscos

Por mais seguro que um investimento seja, ele também oferece um grau de riscos, sendo assim, é fundamental ter um plano de riscos, pelo qual o investidor pode se orientar caso ocorram situações que saiam do esperado.

O plano de gerenciamento de riscos também ajuda a ter o controle emocional necessário para lidar com situações desfavoráveis e evitar perdas maiores do que o necessário.

Use plataformas de análise

A tecnologia é uma grande aliada. Por meio dela é possível ter acesso seguro a informações relevantes para as tomadas de decisões, além de facilitarem a leitura de cenários, identificações de tendências e auxiliar na projeção de ações futuras.

Existem diversos tipos de ferramentas disponíveis no mercado, com funcionamento online, fácil e acessível. Outra vantagem é a possibilidade de atualização em tempo real, que ajuda a ter uma visão ampla dos acontecimentos.

Procure por ajuda profissional

Atuar no mercado exige uma perspicácia e serenidade que nem sempre o investidor inexperiente tem, sendo assim o indicado é buscar por ajuda profissional, feita por uma boa assessoria. Um profissional qualificado certamente tem uma visão diferenciada e vai apontar caminhos, possibilidades e desafios a serem enfrentados, a partir dos recursos disponíveis para investimentos e das expectativas de tempo e prazo de rentabilidade do cliente.

Também é vantajoso porque ele vai ajudar na prevenção de erros, que quando cometidos por inexperiência ou erro de leitura, podem resultar em prejuízos para o investidor.

Agora que você já sabe que a hora certa de comprar e vender ações faz diferença para seus investimentos, pode aprofundar seus conhecimentos e tomar as melhores decisões a partir dos cenários apresentados. Lembre-se que nada é imutável no mercado, sendo assim é preciso ter uma visão ampla e entender bem o funcionamento desse ambiente, caso contrário corre-se o risco de agir por impulso e não só deixar de ganhar como também perder dinheiro.

Para ajudar a saber mais, nós recomendamos outro artigo do nosso blog para orientar na hora de escolher a melhor assessoria de investimentos. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *