Day trade: o que é e como funciona esta operação na bolsa de valores

Fazer operações na bolsa de valores tem se tornado um hábito bastante comum entre muitos brasileiros – sejam eles investidores ou apenas especuladores, que buscam lucrar com a volatilidade do mercado de ações. E, entre as diversas modalidades de operação utilizadas por estes investidores ou operadores do mercado, uma das mais conhecidas é o day trade.

Mais arriscada do que operações de prazo mais longo, o day trade permite que estes operadores do mercado realizem operações de curtíssimo prazo na bolsa de valores – oferecendo a eles chances de obter lucros a partir de uma operação que se inicia e se encerra em um único dia. Optar por este tipo de operação, no entanto, requer do investidor conhecimento técnico e ciência dos riscos envolvidos.

Quer saber mais sobre esta operação? Então continue a leitura do texto para entender melhor o que é e como funciona o day trade na bolsa de valores e descubra como e quando utilizar esta modalidade de operação no mercado de ações!

O que é day trade?

O day trade é uma operação de compra e venda de ativos na bolsa de valores, cujo início e término ocorrem em um mesmo dia.  O objetivo de quem opera na modalidade day trade – os chamados day traders – é obter lucros com as oscilações dos preços de um ativo ao longo de um dia, realizando operações curtas – que podem durar de alguns poucos minutos a algumas horas.

Ao mesmo tempo em que o day trade oferece oportunidades de rendimentos em um período curto de tempo, entretanto, esta modalidade de operação em renda variável é também bastante arriscada – uma vez que as chances de prejuízo no curtíssimo prazo também são elevadas.

O aumento dos riscos desta operação se dá, principalmente, por conta da volatilidade normal do mercado de renda variável, devido a eventuais desestabilidades emocionais do operador na hora de fazer o day trade e por conta da questão da alavancagem das operações – que permite ao trader realizar operações alavancadas por meio de margem de garantia.  Com um manejo de risco adequado e ciência dos riscos envolvidos na operação, no entanto, é possível obter bons lucros por meio das operações day trade.

Como funciona esta operação?

A operação day trade é bastante simples de ser compreendida. Na prática, um day trade é realizado quando o investidor ou especulador compra um determinado ativo financeiro  durante um pregão e vende-o até o final do dia – zerando sua posição com o intuito de obter rendimentos com a volatilidade dos preços ao longo da sessão. O mesmo ocorre em uma operação de venda – quando o trader busca lucrar com a queda intradiária de um ativo.

Imagine, por exemplo, que você comprou uma determinada ação na bolsa de valores às 11h por R$ 20,00, e que esta ação valorizou 10% ao longo do dia, alcançando o patamar dos R$ 22,00. Se você optar por vender esta mesma ação a R$ 22,00 dentro do mesmo dia, você estará realizando um day trade e lucrando R$ 2,00 nesta operação.

Em geral, as oportunidades de compra ou venda de uma ação ou outro ativo surgem após uma cuidadosa análise técnica do mercado e do ativo de interesse do trader. Esta análise é realizada com base nos padrões gráficos e com a ajuda de indicadores diversos utilizados para projetar as próximas movimentações do mercado, como as regiões de suporte e resistência, por exemplo.

Para realizar um day trade, no entanto, é fundamental que o operador esteja atento às movimentações do mercado durante o dia – uma vez que muitos dos movimentos intradiários de alta ou queda nas ações tendem a ser muito rápidos, sendo necessário manter máxima atenção à operação para aumentar as chances de lucro e reduzir as possibilidades de perda com o trade.

Tributação

É importante ressaltar também que a tributação sobre as operações em day trade é diferente do imposto sobre outras operações em bolsa de valores. O imposto que incide sobre as operações que são iniciadas e encerradas no mesmo dia é de 20% sobre o lucro líquido – descontando os custos da corretagem.

O pagamento é feito via DARF e todas as operações são tributadas – independentemente do valor da operação.

Quem pode fazer day trade na bolsa?

Qualquer pessoa que tenha acesso a um computador ou smartphone, acesso à internet e uma conta aberta em corretora pode realizar operações em day trade. Apesar disso, é altamente recomendado que o investidor ou especulador procure aprender mais sobre o assunto antes de se arriscar no mercado.

Atenção aos erros!

Além disso, qualquer um que deseje fazer operações intradiárias na bolsa deve se atentar a uma série de erros comuns cometidos por traders iniciantes ou até mais experientes, que podem minar suas chances de obter lucros com as operações em day trade e aumentar – e muito – os riscos de suas operações.

Conheça alguns dos erros que você não deve cometer ao operar day trade:

  1. Iniciar ou encerrar uma operação sem ter uma estratégia definida;
  2. Não ter disciplina para seguir a estratégia estabelecida;
  3. Buscar reverter, sem estratégia, uma eventual perda financeira resultante de outra operação;
  4. Ser muito otimista com o mercado e acreditar em lucros altos sem perdas ou riscos;
  5. Vender sua operação na baixa do mercado – deixando ser contagiado pelo pânico;
  6. Exagerar na alavancagem e aumentar fortemente os riscos de perder não apenas o capital investido, mas também a margem de garantia da operação.

Vantagens e desvantagens do day trade

A principal vantagem do day trade é permitir ao trader lucrar com operações de curtíssimo prazo, por meio de operações que podem durar apenas poucos minutos. A possibilidade de alavancagem da operação também acaba sendo uma vantagem desta modalidade de operação – uma vez que torna o trade mais atrativo do ponto de vista financeiro.

A liberdade de realizar este tipo de atividade de qualquer lugar, a qualquer hora durante o pregão na bolsa de valores também atrai um grande número de pessoas ao redor do mundo.

Porém, as desvantagens deste tipo de operação acabam caminhando lado a lado com os benefícios que ela pode trazer ao especulador ou investidor. Isso porque, ao oferecer possibilidade de ganhos em pouco tempo, o day trade também expõe o trade a maiores riscos – sobretudo em caso de alavancagem das operações.

Um trader que não mantém um correto manejo de risco, não busca conhecimento adequado sobre o tema e não mantém um bom controle emocional para lidar com a volatilidade do ativo e também com possíveis perdas, acaba tendo chances muito mais significativas de perder muito dinheiro com day trade.

Por isso, se você deseja operar day trade, procure estudar mais sobre o assunto e se preparar para fazer estas operações com maior tranquilidade.

Day trade: por onde começar?

Agora que você já conhece os riscos e os benefícios envolvidos na operação day trade ficará muito mais fácil decidir se este tipo de operação é adequada ou não para o seu perfil. Se você acredita que operar day trade faz sentido para você, a primeira coisa que você deve fazer é aprender cada vez mais sobre análise gráfica e abrir sua conta na corretora de valores.

Quanto mais você se preparar para iniciar suas operações day trade no mercado de ações, maiores serão as chances de você obter êxito em suas operações, tomando decisões conscientes e embasadas tecnicamente em cada uma das suas operações na bolsa de valores.

Quer saber mais sobre o universo de compra e venda de ações no mercado financeiro? Então clique aqui e conheça mais sobre o assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *