Debêntures: boa opção para diversificar seus investimentos

Vamos imaginar a seguinte situação: você já é um investidor. Há várias formas de se investir, correto? Vamos lá! Por exemplo, caso você empreste algum dinheiro ao governo, poderá ter acesso ao Tesouro Direto como modalidade de investimento. E como retorno, receberá os juros embutidos nesse empréstimo.

Outro exemplo: caso você empreste dinheiro aos bancos, dependendo do produto que deseja investir – CDB, LCI, LCA etc. –, poderá, assim, ter acesso a outras modalidades de investimentos. Como retorno do dinheiro emprestado, você irá receber os juros do capital investido.

Esses dois exemplos fazem parte de variadas formas de investimentos vinculados à Renda Fixa. No entanto, há outro tipo de investimento não muito conhecido pelos brasileiros que também faz parte e são classificados como Renda Fixa: as debêntures. Isso significa dizer que as regras relacionadas aos prazos e ao tipo de remuneração são conhecidas pelo investidor no momento da aplicação. A ideia é semelhante ao dos empréstimos realizados tanto para o governo, quanto aos bancos.

Explicando mais sobre debêntures

No caso das debêntures, você pode realizar empréstimos para empresas durante algum tempo. Assim, elas precisam captar recursos para avançar seus projetos. Cada vez mais as empresas optam por emitir debêntures – títulos que representam um pedacinho da dívida.

Em troca disso, a empresa retornará por meio de juros a partir do capital investido. Esse tipo de investimento tem algumas peculiaridades que são interessantes saber e que podem trazer maiores rendimentos às suas aplicações em Renda Fixa.

Características das debêntures

A primeira delas é que as debêntures devem ser encaradas como investimento a longo prazo. Outra característica importante é o fato de não ter a liquidez como o Tesouro Direto. Fique atento para isso:

1. A rentabilidade tem que ser maior que o Tesouro Direto;

2. Observar o nível de rating (notas de Crédito emitidas por agências de classificação de risco sobre a qualidade de crédito) para o seu perfil;

3. Ver o tipo de garantia que o papel possui.

Principais vantagens das debêntures

1. A primeira delas é a de que são excelentes produtos para diversificação da carteira em Renda Fixa;

2. Rentabilidade. Normalmente, a remuneração oferecida supera a de outras aplicações de Renda Fixa com prazo de vencimento parecido.

É preciso perguntar se esta modalidade de investimento é boa para você e qual o seu objetivo com ele.

 

Como diversificar a carteira de investimentos corretamente?
Clique aqui e descubra!

 

Tipos de debêntures

Há alguns tipos de debêntures com características específicas.

Debêntures Simples

São mais comuns. Em geral, oferecem o que chamamos de rendimento prefixado (taxa de juros definidas no momento da compra) ou pós-fixado (taxa de juros que segue uma referência, como a taxa Selic), com pagamentos periódicos.

Debêntures incentivadas

São emitidas por empresas que investem no setor de infraestrutura (energia, transportes, construção, portos). O dinheiro levantado no mercado serve, por exemplo, para administração de uma rodovia ou construção de um porto. Elas contam com um incentivo fiscal: são isentas do imposto de renda para os investidores pessoas físicas.

Debêntures conversíveis

Também oferecem rendimento pré ou pós-fixado, com pagamentos periódicos, mas podem ser convertidas em ações da empresa emissora dos papeis. Isso significa que a companhia pode transformar a debênture em uma ação.

Esse tipo de debênture é o menos comum de todos e costuma ser comercializado apenas para os investidores “qualificados”.

Como conhecer a empresa que está emitindo as debêntures?

Conhecer o nível de solidez da empresa pode ajudá-lo a evitar um “risco de crédito”. Isso representa a chance de a empresa não honrar os compromissos assumidos com os investidores.

No entanto, o mercado de crédito corporativo tende a se tornar mais acessível em 2019. Com o aquecimento da economia, mais empresas deverão emitir papéis de dívida, como as debêntures. Os rendimentos estão entre as maiores da Renda Fixa.

Procure informações sobre a situação financeira das companhias que possam interessá-lo. Os relatórios que divulgam esses dados periodicamente são uma boa fonte para auxiliar você a tomar uma decisão de investimento.

As informações podem ser encontradas no site da ANBIMA Data plataforma lançada com dados das debêntures.

Um comentário em “Debêntures: boa opção para diversificar seus investimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *