Devemos estar mais atentos na hora de investir

Em um curso sobre o mercado de ações, um professor deu um exemplo sobre a forma como as pessoas lidam com o dinheiro. Ele citava o fato de que a maioria das pessoas toma suas decisões sempre de forma relativa.

Se você encontra um livro que procurava por R$50,00 em uma livraria, mas, ao pesquisar no seu smartphone, descobre esse mesmo livro em outro lugar por R$40,00, no mínimo ficará em dúvida sobre se realiza a compra ali ou não. No entanto, se está comprando um carro por R$32.000 numa agência e descobre que esse mesmo carro está sendo vendido por R$31.990 em outra, não titubeará em fechar o negócio na hora. Os R$10,00 são os mesmos, sua renda é a mesma, porém na compra do livro a diferença é de 20% para menos e isso te faz pensar; já em relação aos R$32.000, os R$10,00 são facilmente desprezados.

Há muitas pessoas lidando com sua poupança e seus investimentos da mesma forma, principalmente quando aplicam em renda fixa, afinal 1% a mais ou a menos em 1 ano não mudará suas vidas. Contudo, fazendo alguns cálculos simples, podemos ver que há bastante valor nesse simples ponto percentual.

Suponhamos que você esteja efetuando uma poupança de longo prazo para um objetivo nobre, a faculdade do seu filho, a compra de uma casa própria, ou mesmo sua aposentadoria, e que durante 15 anos mensalmente investirá religiosamente R$1.000 por mês. Veja qual será o montante acumulado para cada taxa de juros incidente sobre as parcelas mensais:

Taxa Anual Montante Final
5% R$267.289
6% R$290.819
7% R$316.962
8% R$346.038
9% R$378.406
10% R$414.470
11% R$454.690
12% R$499.580

Vamos fazer outro exercício simples: você vendeu um imóvel recentemente e pretende usá-lo para fazer um colchão para a aposentadoria, assim investe os R$150.000 obtidos com a venda em renda fixa. A tabela a seguir mostra quanto você obterá ao final de 15 anos, de acordo com a taxa de juros da aplicação:

Taxa Anual Montante Final
5% R$311.839
6% R$359.484
7% R$413.855
8% R$475.825
9% R$546.372
10% R$626.587
11% R$717.688
12% R$821.035

Os dois exemplos mostram que pequenas variações percentuais geram grandes variações no montante em prazos mais longos. Se pensarmos em R$30.000 ou R$40.000 a mais, isso significaria um carro popular, algumas férias no Caribe ou umas 10 passagens de ida e volta para Miami. Você quer mesmo abrir mão disso?

Logo, não devemos nos contentar com o rendimento obtido na Caderneta de Poupança, ou no primeiro fundo de renda fixa indicado pelo gerente do banco. Tenha em mente que essas opções são, em geral, as de menor remuneração no mercado e, acredite, com um mínimo de esforço você poderá conseguir taxas até 2% ao ano superiores.

Muitos de nós fazemos um esforço grande na pesquisa de preços ao comprar um eletrodoméstico, um sofá novo ou o pacote da viagem a Buenos Aires. Visitamos lojas, utilizamos o Buscapé, o Decolar, ou qualquer outro site de comparação de preços na internet. Contudo, poucos têm essa mesma energia e determinação na hora de aplicar o seu dinheiro, mesmo tendo disponíveis diversas alternativas interessantes ao alcance do mouse, ou do telefone celular.
É hora de começarmos a mudar isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *