Invista sem fronteiras

French e Porteba foram dois economistas americanos que introduziram o termo Home Bias, em 1991. O termo em questão significa o fato dos indivíduos e instituições financeiras destinarem uma parte pequena do seu patrimônio para investimentos no exterior. Em seus estudos, eles demonstraram que existem benefícios substanciais na diversificação internacional em uma carteira de investimentos.

No Chile, 42% dos recursos dos fundos estão alocados no exterior; no Peru, 38%; na Colômbia, 28%.

E no Brasil? Aqui, nunca foi maior que 2%.

Quais são os motivos do número ser tão baixo?

Difícil entender por qual razão em um país com histórico de inflação, moeda instável e crises, o investidor não busque maneiras de proteger seu patrimônio buscando alocações em economias mais sólidas.

A máxima “nunca coloque os ovos na mesma cesta”, por aqui, é deixada de lado.

Uma carteira diversificada globalmente permite proteção das instabilidades domésticas. Isso acontece pelo fato de que há baixa correlação entre os ativos locais e internacionais. Além disso, investir em fundos ou ações no exterior permite capturar o crescimento sustentável em outras economias e mercados.

Você investiria todo seu patrimônio em um único CDB?

Outras perguntas:

E em um único fundo? Em uma única ação?

No entanto, muitos o coloca em um único país.

País este que representa apenas 2% do PIB global.

A título de comparação: os EUA representam 23%, China 17% e Índia 4%.

Atualmente, das 100 marcas mais valiosas do planeta, segundo o ranking da Forbes-2019, 55 estão nos EUA.

Sabe quantas são brasileiras? Infelizmente, nenhuma.

Talvez estejamos pensando agora: ok, Romero. Isso faz sentido. Porém, provavelmente é necessário possuir algumas milhas para investir fora do Brasil, correto?

Caso acredite ser necessário possuir elevado patrimônio para investir no exterior, saiba que a partir de R$ 5.000,00 já é possível investir lá fora.

Então…

Qual é sua desculpa agora?

Romero Oliveira

Especialista em Renda Variável

Engenheiro, pós-graduado em Estratégias Financeiras, especialista da mesa de Renda Variável da Valor Investimentos.

e-mail: roliveira@valorinvestimentos.com

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *