Onde investir 1000 reais por mês? Descubra!

Conseguiu administrar bem suas contas e agora deseja saber onde investir 1000 reais todo mês? Felizmente, há diversas opções de investimentos no mercado para fazer seu dinheiro render – até mais que a poupança.

E, além de existirem alternativas para todos os tipos de perfil e objetivos, saiba que você pode até mesmo dividir esse montante disponível mensalmente para seus aportes em mais de uma modalidade – diversificando sua carteira.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura do artigo e veja onde você pode investir 1000 reais por mês e realizar todas as suas metas financeiras!

Por que é importante investir?

Antes de falar sobre as opções de investimento para quem deseja aportar 1000 reais por mês, você precisa entender a importância de investir. Afinal, educar-se financeiramente é essencial para utilizar seus recursos financeiros com sabedoria.

Depois que aprendemos que dinheiro é um recurso finito e precisa ser visto com seriedade, é necessário pensar em formas inteligentes de fazê-lo render e trabalhar para nós. Dessa forma, você não gastará seu capital com o que não importa e conseguirá multiplicá-lo ao longo do tempo.

Quanto mais cedo você começar a investir, mais patrimônio conseguirá acumular. E, claro, serão muito maiores as chances de alcançar seus sonhos e objetivos financeiros – como garantir uma aposentadoria tranquila e sem privações.

Mas atenção: tenha em mente que guardar seu dinheiro em um cofre ou na poupança não o fará render. E você ainda corre grandes riscos de perder poder de compra devido à inflação. Portanto, é fundamental não deixar seu capital parado.

O que considerar antes de investir seu dinheiro?

Ao decidir aportar seus recursos, você precisa estar atento a dois detalhes importantes para evitar tomar decisões ruins de investimento. Confira cada um deles abaixo:

Perfil de investidor

O primeiro deles é saber seu perfil de investidor. Há três perfis nos quais você pode se encaixar: conservador, moderado ou agressivo/arrojado.

O conservador costuma aplicar seu dinheiro em investimentos mais seguros, pois tem baixa tolerância a perdas. O moderado consegue tolerar maiores riscos em busca de rentabilidade, mas não tanto quanto o arrojado. Já o agressivo se arrisca mais e consegue tolerar perdas maiores na busca por melhores rendimentos.

Analisar seu perfil de investidor deve ser um dos primeiros aspectos que você precisa considerar antes de investir. Afinal, é essencial investir em produtos e ativos que estejam alinhados ao seu perfil – evitando estresse e frustrações.

Objetivos financeiros

O segundo critério a ser observado são os seus objetivos. Cada pessoa possui metas muito particulares. E ter objetivos financeiros estabelecidos é fundamental no momento de escolher onde seu dinheiro será aplicado.

Afinal, é mais fácil chegar onde deseja tendo uma visão clara do que precisa ser feito para alcançar esta meta, não é mesmo?

Dessa forma, pense no que é importante para você. Quer uma casa própria? Fazer uma pós-graduação? Tirar um ano sabático ou comprar um carro importado?

Seja específico em definir seus sonhos. Isso ajuda a saber o quanto de dinheiro necessitará – e em quanto tempo – para alcançar o que almeja. Portanto, dê também um prazo para realização dos seus sonhos – estabelecendo metas de curto, médio e longo prazo.

Onde investir 1000 reais e fazer meu dinheiro render?

Depois de conhecer seu perfil de investimentos e seus objetivos pessoais, é chegado o momento de conhecer as opções disponíveis no mercado financeiro e fazer seus aportes.

Então confira agora onde investir 1000 reais mensais e começar a fazer seu dinheiro render em prol dos seus objetivos e do seu futuro!

Títulos do Tesouro Nacional

Os Títulos do Tesouro Nacional são, provavelmente, uma das primeiras alternativas de investimento com as quais investidores têm contato. Esta opção da renda fixa costuma agradar, especialmente, iniciantes e conservadores – uma vez que estes títulos são tão seguro quanto a poupança e oferecem um retorno melhor.

O Tesouro também pode ser uma alternativa para investidores arrojados – especialmente para formação de reserva de emergência.

Há diversos títulos que você pode encontrar na plataforma do Tesouro Direto. O Tesouro SELIC, por exemplo, pode ser uma alternativa se você deseja fazer uma reserva de emergência ou possui investimentos de curto prazo. Por outro lado, o Tesouro IPCA+ pode ser interessante para a aposentadoria.

É importante ressaltar também que o Tesouro é um dos investimentos mais acessíveis do mercado brasileiro. Por isso, se você deseja saber onde investir 1000 reais por mês, os títulos emitidos pelo Governo Federal podem ser boas opções.

CDB, LCI e LCA

Os investimentos em renda fixa costumam marcar forte presença na carteira de investidores conservadores por apresentarem baixo risco. Além dos títulos do Tesouro, existem opções de títulos privados.

Alguns dos mais conhecidos são:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI);
  • Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

A LCI e a LCA são investimentos nos quais você investe em um título de uma instituição financeira e seu dinheiro é utilizado em investimentos nestes dois setores (imobiliário ou agronegócio).

Ambos não possuem incidência de Imposto de Renda. Entenda mais sobre a LCI e a LCA aqui.

O CDB é também uma aplicação privada oferecida por bancos. Assim como a LCI e a LCA, os CDBs costumam acompanhar o CDI – um índice costuma ser muito próximo da SELIC.

É possível encontrar as três opções em formatos prefixados, pós-fixados e híbridos. São protegidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o limite 250 mil reais por CPF e por instituição – até o limite global de 1 milhão de reais a cada 4 anos.

Podem ser opções para objetivos de curto e médio prazo, pois os prazos de investimento costumam variar de 90 dias até alguns anos. Para os CDBs, é também possível encontrar opções com liquidez diária.

Fundos de investimentos

Os fundos de investimentos podem fazer parte da renda fixa ou da renda variável. Trata-se de modalidades de investimento que permitem ao investidor ter acesso a diversos produtos e ativos financeiros a partir de um único veículo de investimento.

O portfólio dos fundos é gerido por um gestor profissional. Desta forma, o investidor não precisa se preocupar com as decisões de investimento do fundo.

Entre as opções disponíveis no mercado estão:

  • Fundos de investimento em renda fixa (FIRF);
  • Fundos de investimento em ações (FIA);
  • Fundos de investimento multimercados (FIM);
  • Fundos de investimento imobiliário (FII);
  • Entre outros.

 

Os fundos de investimento imobiliário, por exemplo, podem ser interessantes para quem objetiva o médio e longo prazo e deseja obter uma renda passiva.

No entanto, é importante lembrar que estes fundos fazem parte da renda variável e, portanto, podem sofrer oscilações no curto prazo. Por isso, podem ser mais adequados a investidores moderados e arrojados – embora conservadores possam ter FIIs em seu portfólio, em menor percentual.

Já os fundos de renda fixa podem ser mais adequados a investidores conservadores. Vale destacar, contudo, que nem todos os fundos de renda fixa são iguais. Portanto, é preciso se atentar às estratégias e portfólio do fundo antes de fazer seus investimentos.

Embora existam inúmeras opções de fundos de investimento que permitem aportes para quem busca opções para investir 1000 reais por mês, os investidores precisam sempre se atentar ao aporte mínimo necessário para participar de um fundo. Isso porque há alternativas no mercado que exigem aportes mínimos maiores.

Ações na bolsa de valores

Por fim, podem ser citados os ativos da Bolsa de Valores como alternativa para quem deseja saber onde investir 1000 reais por mês. Esse investimento pode ser mais indicado para os investidores arrojados, pois oferecem maiores riscos – e também maiores chances de rentabilidade, especialmente no longo prazo.

Agora você já conhece algumas opções disponíveis no mercado e sabe onde investir 1000 reais por mês. Entretanto, lembre-se sempre de levar em consideração seus objetivos e seu perfil enquanto investidor.

Quer ajuda para iniciar seus aportes? Vale a pena contar com uma assessoria para lhe ajudar a tomar as melhores decisões de investimento!  Então clique aqui e descubra como escolher a melhor assessoria de investimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *