Previdência Privada Infantil: tudo o que você precisa saber!

A busca pela Previdência Privada é comum entre os adultos que planejam a aposentadoria. Garantir um futuro financeiramente estável para si mesmo é um passo importante. Mas você já pensou que é possível fazer isso também para crianças e adolescentes?

Essa é a proposta da Previdência Privada Infantil. Ela é muito semelhante à alternativa mais conhecida no mercado. Contudo, apesar de ser igualmente contratada por adultos, apresenta uma particularidade: é destinada aos menores de idade.

O investimento para jovens ganha cada vez mais espaço, como uma forma de cuidar do futuro e até mesmo incentivar a educação financeira.  Portanto, se você deseja saber mais sobre a Previdência Privada Infantil, continue a leitura desse artigo!

O que é a Previdência Privada Infantil?

Prezar pela saúde, educação e conforto financeiro das crianças é fundamental. É preciso lembrar que elas dependem dos adultos para se desenvolverem adequadamente. Esse é um processo que exige tempo e paciência, mas a Previdência Infantil pode torná-lo mais simples.

Ao contratar um plano, os responsáveis pelos jovens garantem que seu bem-estar financeiro seja uma prioridade desde cedo. Para isso, a cada mês, será aportado um valor — que é definido de acordo com as condições combinadas entre as partes.

Na Previdência Privada, o gestor do fundo fica responsável por tomar as decisões em relação aos melhores investimentos a serem realizados. Eles podem abranger tanto opções da renda fixa quanto da variável, a depender da estratégia adotada.

As escolhas de investimentos são feitas pelo gestor de acordo com o que está definido no contrato. Assim, antes de contratar é importante verificar se as características do plano se adéquam às suas necessidades e objetivos.

Como funciona a Previdência Privada Infantil?

A Previdência Privada geralmente é vista como uma alternativa à Previdência Social brasileira, no caso da aposentadoria. Entretanto, como você pode ver, ela também pode ser usada para outros planos de longo prazo.

No caso da Previdência Privada Infantil, o objetivo é ter investimentos destinados às crianças e aos jovens. Assim, no momento de usufruto, eles têm um auxílio da família e podem contar com suporte financeiro para seu futuro.

Antes de tomar a decisão sobre o plano mais adequado, é importante saber tudo em relação ao tema. Confira a seguir alguns detalhes que facilitam o encontro da opção ideal para você quando bem avaliados.

Acompanhe!

Taxas

Existem quatro principais taxas que costumam ser cobradas pelas empresas por trás da Previdência Privada Infantil. São elas:

  • administração, que remunera os gestores por trás dos fundos;
  • carregamento, que incide sobre os aportes realizados;
  • performance, cobrada quando o fundo rende além de seu benchmark;
  • saída, que incide no momento do resgate.

Nem todas elas estarão presentes no contrato da organização escolhida para oferecer o melhor plano a você. Para tirar as dúvidas, não deixe de ler suas condições e de estar atento aos detalhes da negociação.

Tipos

Os dois principais tipos de Previdências infantis seguem os padrões da voltada aos adultos. São eles: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). A grande diferença entre eles diz respeito ao Imposto de Renda (IR).

Portanto, a decisão do melhor para o seu caso depende das suas particularidades. Pessoas que realizam a declaração de IR completa podem se beneficiar do PGBL, pois ele permite o abatimento de até 12% da renda tributável anual.

Já aqueles que fazem a declaração simplificada, podem preferir o VGBL. Nesse caso, a vantagem dele é que os impostos incidirão apenas sobre a rentabilidade, enquanto no PGBL é sobre o montante total investido.

Tributação

Outro detalhe sobre o Imposto de Renda é a tributação dos planos. É possível escolher entre a tabela progressiva ou regressiva. Na primeira, a alíquota de IR vai de 0% a 27,5%, a depender da quantia a ser resgatada.

Já na tabela regressiva, a alíquota pode ir de 35% a 10% — a depender do tempo em que o dinheiro fica investido. A taxa diminui 5% a cada dois anos, até chegar ao limite mínimo de 10% para investimentos superiores a 10 anos.

Como você pode ver, a escolha da tabela deve ser feita de acordo com os seus planos. Para valores mais baixos de resgate em períodos curtos, o regime progressivo pode ser mais interessante. Em outros casos, a vantagem pode ser maior na tabela regressiva.

Portrait of a happy cute little kid showing bunch of money banknotes and looking at camera isolated over white background

Quais são as vantagens do plano de Previdência Infantil?

Agora que você já sabe o que é a Previdência Privada Infantil e quais são as principais características dela, é hora de conhecer suas vantagens. Acompanhe!

Antecipação

Juntar dinheiro para a aposentadoria ou para projetos de longo prazo nem sempre é uma tarefa simples. Muitos brasileiros começam a se planejar tardiamente — ou mesmo não se planejam.

Quanto mais o tempo passa, maior será a necessidade de esforço financeiro. Logo, começar o quanto antes permite ter resultados positivos com quantias menores. O que dizer, então, de investir dinheiro para crianças e adolescentes?

O dinheiro aportado por você será muito útil para auxiliar na conquista um futuro estável. Mesmo valores baixos ajudam a garantir saúde e bem-estar ao beneficiário com maior facilidade — facilitando a superação de quaisquer obstáculos no futuro.

Menor burocracia

A Previdência Privada Infantil é uma forma pouco burocrática de investir dinheiro para usufruto de outra pessoa. A contratação do plano pode ser feito por qualquer adulto responsável pelo menor de idade.

Fica estabelecido em contrato que o resgate será feito pela criança ou adolescente — no prazo definido por você (por exemplo, quando ele chegar à maior idade). Então, o usufruto do dinheiro se dá segundo as regras expressas no plano escolhido.

Portabilidade

Como a Previdência Privada é uma modalidade de investimento de longo prazo, existe o risco de, no futuro, o cliente não estar mais satisfeito com as condições. Caso isso aconteça, é possível contar com a opção da portabilidade.

Ela significa que você poderá mudar o seu plano ou mesmo transferir a Previdência para outra administradora, que atenda suas necessidades com maior alinhamento.  Basta solicitar a migração e seguir os passos indicados para concluir o processo.

E então? Você acredita que a Previdência Privada Infantil pode ser uma boa alternativa para planejar o futuro da sua família? Ela permite apoiar, desde cedo, a caminhada financeira de crianças e adolescentes.  Então aproveite para verificar se parece interessante para o seu caso!

Se você deseja se aprofundar ainda mais no assunto, não deixe de entrar em contato com a Valor Educação para tirar suas dúvidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *