Qual é a diferença entre vencimento e carência de um ativo de renda fixa?

Para compreender a diferença é preciso compreender os conceitos:

Vencimento: a data de vencimento é a data máxima em que um CDB pode ficar aplicado. Após essa data, o CDB vence e é creditado na conta. Todo ativo de renda fixa vendido em corretoras e bancos possui uma data de vencimento.

Carência:  é a data a partir da qual o CDB pode ser resgatado. Logo, um CDB pode ter vencimento em 2 anos, mas carência de 1 mês, por exemplo. Ou mesmo carência de 1 dia (que é o com liquidez diária). Portanto, a data de carência de um ativo de renda fixa equivale a data a partir do qual ele pode ser resgatado, ou seja, a carência informa a partir de quando o título possui liquidez. Todo ativo de renda fixa possui uma data de carência. Quando ela não existe, é porque a liquidez é diária.

Vejamos um exemplo para ficar mais claro:

Exemplo 1:

planilha-diferenca-ativo-carencia

> Na coluna CARÊNCIA, é possível verificar a carência (a partir de quando se pode resgatar, ou seja, a partir de quando se tem a liquidez).

> Na coluna VENCIMENTO, é possível verificar o vencimento.

> Observe que todos os CDBs possuem data de carência e vencimento iguais. Nesse caso, o título só possui liquidez quando vencer e não pode ser resgatado antes disso.

 Exemplo 2:

planilha-carencia-vencimento

> Na coluna CARÊNCIA, é possível verificar a carência (a partir de quando se pode resgatar, ou seja, a partir de quando se tem a liquidez).

> Na coluna VENCIMENTO, é possível verificar o vencimento.

> Observe que nesse caso, a data de carência é diferente da data de vencimento. Nesse caso, esse CDB pode seria ser resgatado a partir do dia 03/07/2016 em qualquer momento até chegar o vencimento, que é 17/06/2019.

 

Qual o mínimo que pode ser investido num ativo de renda fixa

Cada ativo de renda fixa possui um valor mínimo que pode ser investido.

PU – Preço Unitário:

O PU é o valor unitário de um título. Exemplo: 1 mil reais.

Quantidade mínima:

A quantidade informa quantas unidades devem ser adquiridas, no mínimo, para cada título.

O valor financeiro mínimo para cada ativo de renda fixa:

O valor financeiro mínimo de cada ativo de renda fixa é a multiplicação entre o PU e a quantidade mínima informada na plataforma para aquele título específico.

Exemplo:

planilha-carencia-vencimento2

No exemplo acima, retirado da plataforma da XP no dia 01/07/2016, veja que:

> Nos 3 CDBs apresentados, todos eles possuem o preço de 1 mil e a quantidade mínima de 5 mil. Sendo assim, o valor financeiro mínimo de investimentos em cada um deles é de 5 mil reais.

 

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *